Trono de vidro – Sarah J. Maas

Capa Trono de Vidro V1 RB.indd

Assassinas profissionais se importam tanto assim com vestidos?

Nas sombrias e sujas minas de sal de Endovier, uma jovem de 18 anos está cumprindo sua sentença. Celaena é uma assassina, e a melhor de Adarlan. Aprisionada e fraca, ela está quase perdendo as esperanças quando recebe uma proposta. Terá de volta sua liberdade se representar o príncipe de Adarlan em uma competição, lutando contra os mais habilidosos assassinos e larápios do reino. Endovier é uma sentença de morte, e cada duelo em Adarlan será para viver ou morrer. Mas se o preço é ser livre, ela está disposta a tudo.

Em trono de vidro, conhecemos Cealena Sardothien, a maior assassina de Adarlan. Devido ao seu passado desconhecido, aos oito anos, Cealena foi encontrada quase morta e tomada sob a tutela do rei dos Assassinos, Arobynn Hamel. Sendo assim treinada para se tornar sua assassina mais leal e competente.

Por razões ainda desconhecidas (uma traição?) Cealena foi capturada e presa pela guarda real, sendo polpada da forca apenas para ser enviada para trabalhar como escrava nas minas de sal de Endovier, onde passa um ano.

Após esse ano de escravidão, Cealena recebe a visita do príncipe herdeiro de Adarlan, Dorian Havillard. A visita tem como objetivo oferecer a Cealena a oportunidade de participar de uma competição para se tornar a campeã do rei. Caso ganhe a competição, após alguns anos servindo como assassina oficial do rei, seu nome será limpo e ela receberia a liberdade.

A história, é interessante, mas eu sempre me questiono o porque autores sempre acabam forçando um romance em histórias que não precisam disso. Principalmente, triângulos amorosos. Sinceramente, vou até me abster de comentar sobre esse ponto do livro. Quando penso em uma assassina, penso em alguém fria e calculista, desapegada, já que está sempre acompanhada de morte. Mas a protagonista desse livro é o que mais me irrita nele.

Cealena é de fato, a maior assassina de Adarlan. Mas é também uma das mais bobas. Ela se preocupa tanto em ser bonita, em estar atraente. Passa tanto tempo falando e escolhendo vestidos, que simplesmente não faz sentido, porque em outros momentos ela é muito inteligente. Em vários momentos a mesma diz que a força não é tudo.

Os outros personagens são muito mais interessantes que a protagonista.

O príncipe Dorian, por exemplo. O rei de Adarlan é um tirano, um conquistador violento, que destrói tudo e todos, apenas para conseguir mais território, apenas para exercer poder sobre outros reinos. Mas Dorian não concorda com as atitudes do pai, não gosta de política ou das bobagens da corte.

Além de muitos outros personagens, como a princesa de Eyllwe, Nehemia, que é a minha personagem preferida.

O mundo criado é bem extenso e é interessante descobri-lo pouco a pouco.

Erilea-Final

Outras coisas abordadas no livro são a política, como vemos em diversas ocasiões, alianças por poder e outras coisas, como a magia. A magia, ainda é algo muito sutil, nesse primeiro livro. Tendo sido banida, a magia desapareceu e por isso é mais um dos mistérios do livro, que com certeza irá se desenvolver nos próximos.

O livro é bom, mesmo com a protagonista irritante, a história é interessante e cheia de mistérios, ficamos sempre ansiosos para descobrir o que vai acontecer a seguir.

A saga terá seis livros no total, quatro já foram lançados em inglês e três em português, contando ainda com um spin off, que é um livro de contos do passado de Cealena.

Avaliação 

Narrativa – ♥♥♥♥

Impacto da história – ♥♥♥♥♥

Originalidade – ♥♥♥♥♥

extra:
Personagem Principal – ♥♥♥

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s